quarta-feira, 17 de julho de 2024

Tanhaçu: Prefeito faz da educação cabide de emprego com verba federal e sindicato denuncia


 Em nota pública, o Sindicato dos Professores denunciou que o prefeito do município de Tanhaçu, João Francisco Santos (Avante), estaria negligenciando o reajuste da categoria. Ao site Achei Sudoeste, a presidente do órgão, Valdirene Pereira, explicou que, desde 2021, a classe vem lutando em prol de um reajuste salarial, visto que todos os repasses feitos pelo Governo Federal não foram transmitidos à categoria.

Além disso, Pereira apontou que alguns direitos dos professores também estão sendo negligenciados. “Não bastasse isso, temos casos de licenças prêmio que são concedidas por apadrinhamento político, sem respeitar a lei. Tudo isso vem deixando o professor muito triste, insatisfeito e incomodado”, afirmou. Valdirene denunciou ainda que, por se tratar de ano político, está havendo um encharcamento da folha da educação com contratos desnecessários.

“Tem escola que parece que tem mais professor e funcionário do que aluno. Isso é desrespeitoso, não só com o professor, mas com a sociedade tanhaçuense. Esse encharcamento é uma obra eleitoreira, uma maneira de prender as pessoas ao governo. Se não existe dinheiro para respeitar a lei e os professores, por que existe dinheiro para contratar sem necessidade?”, questionou.

Para a sindicalista, a prefeitura estaria usando a educação como cabide eleitoral de emprego. O Ministério Público já foi acionado pelo sindicato para investigar as denúncias. A nossa reportagem tentou contato com o gestor de Tanhaçu para falar sobre o caso, mas não obteve êxito.

Continuar Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

Feira de Santana: Polícia apreende 34 máquinas caça-níqueis


 Na manhã desta quarta-feira, uma operação policial resultou na apreensão de 34 máquinas caça-níqueis em um estabelecimento no bairro Cidade Nova, em Feira de Santana. A ação foi conduzida pela Polícia Civil, que também deteve duas pessoas no local.

As máquinas, utilizadas para jogos de azar, foram encontradas durante a operação, que foi motivada por denúncias da comunidade local. Além das máquinas, os policiais também confiscaram 6 tabletes, 4 maquinetas de cartão e 9 impressoras.

O delegado Yves Correia, coordenador da 1ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (1ª Coorpin), destacou que esses estabelecimentos não apenas promovem jogos ilegais, mas também servem como pontos de encontro para traficantes de drogas.

Após a apreensão, as máquinas serão submetidas à perícia e, posteriormente, destruídas. A polícia reforça que denúncias relacionadas a jogos de azar podem ser feitas anonimamente através do número 181 .

Continuar Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

Barra da Estiva: Homem é assassinado com tiro na nuca


 Na noite de segunda-feira (15), um homem, cuja identidade não foi revelada, foi assassinado na Rua do Fórum, na cidade de Barra da Estiva, localizada na Chapada Diamantina. Moradores locais ouviram disparos e imediatamente acionaram a Polícia Militar. Ao chegarem ao local, os policiais confirmaram a veracidade das informações e encontraram a vítima sem sinais vitais.

Conforme registrado na ocorrência, o homem foi atingido por um tiro na nuca. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi chamado e realizou a perícia na cena do crime. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) em Brumado para a realização da necropsia. A Polícia Civil já instaurou um inquérito para investigar o caso, mas até o momento, nenhum suspeito foi preso.

Continuar Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

Conquista: Mulher é encontrada morta em residência no bairro Serrana 3


 Uma mulher foi encontrada sem vida dentro de uma residência nesta quarta-feira (17) no bairro Vila Serrana III, em Vitória da Conquista.

De acordo com relatos, a equipe do SAMU 192 foi acionada e, ao chegar ao local, constatou o óbito da paciente. Não foram divulgadas informações sobre a identidade da mulher.

O DPT (Departamento de Polícia Técnica) foi acionada para fazer a remoção do corpo e encaminhá-lo ao IML (Instituto Médico Legal) de Conquista.

Continuar Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe:

Bahia: Polícia Civil indicia 14 pessoas por aplicarem golpes em cartão virtual na compra de iphone e 10 aparelhos foram recuperados em Jequié e Minas Gerais


 No dia 16/07/2024, a Polícia Civil da Bahia, através da 1ª DT de Vitória da Conquista, concluiu investigação iniciada em 28/06/2024 que apurou a prática do Golpe do Cartão Virtual na aquisição de 11 telefones tipo iPhone, realizada entre os dias 13 e 22 de junho de 2024, totalizando um prejuízo de R$ 58.398,50. Dois celulares foram recuperados no norte de Minas Gerais e outro na cidade de Jequié, com apoio da Delegacia Territorial de Jequié.

As fraudes foram identificadas na compra dos aparelhos em nove termos de adesão de pessoa física para planos de serviço pós-pago feito numa loja autoriza de uma operadora de telefonia. Estes nove “clientes” responderam pelo crime de estelionato, tendo sido instaurado um inquérito para cada contrato.

No 12º dia de investigação, a Polícia Judiciária já havia recuperado 10 aparelhos, o equivalente a R$53.009,50. Durante as investigações e após 47 oitivas realizadas, 14 pessoas foram identificadas por praticarem crimes de estelionato, receptação qualificada, receptação simples, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

As compras foram realizadas através de links enviados pelo vendedor no qual é preenchido os dados do cartão. Também teve caso no qual o próprio lojista preencheu os dados do cartão fornecidos pelo golpista, sendo necessário, às vezes, mais de uma tentativa para conclusão da compra. Como o titular do cartão era pessoa diversa, este contestava a compra e a bandeira do cartão suspendia o pagamento, gerando o prejuízo para a vítima. Também teve golpista que adquiriu cartão em falsos anúncios de empréstimo para negativados. Todavia, o empréstimo era apenas a utilização de um cartão virtual falso.

Sete indiciados são comerciantes e um dos crimes praticados por eles foi o de receptação qualificada, cuja pena é de até 08 anos de prisão, uma vez que eles encontram grande facilidade em vender o produto da receptação a terceiros de boa fé, clientes que não têm razão para desconfiar da procedência dos bens que estão sendo oferecidos. Foram indiciados lojistas com estabelecimentos comerciais no Shopping Popular de Conquista e em lojas virtuais.

A Polícia Civil orienta que a maneira mais segura de saber a procedência na compra de um aparelho celular novo é com a apresentação de sua nota fiscal. Além disso, orienta aos comerciantes que evitem a venda de produtos através da utilização de links para preenchimento dos dados do cartão de crédito, considerando que é muito grande o número de golpes praticados dessa maneira.

Os aparelhos recuperados foram devolvidos às vítimas. Medidas Cautelares diversas da prisão foram representadas contra os investigados e eles responderão em liberdade. Todos os inquéritos foram concluídos e remetidos para a Justiça.

*Fonte: POLÍCIA CIVIL DA BAHIA*

Continuar Lendo
Nenhum comentário
Compartilhe: